quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Humanidade obscecada

Não importa religião, raça ou cultura o ser humano sempre esteve atrâs de três coisas:
sexo, comodidade e riquezas. Quando privado dessas coisas o homem se sente vazio e busca outras formas de satisfazer sua megalomania... Sim garotos e garotas guerras, crimes, violência e corrupção tudo em um pacote raivoso de destruição que nós chamamos de inveja.
Inveja é o desejo por atributos, posses, status, habilidades de outra pessoa gerando um sentimento tão grande de egocentrismo que renegue as virtudes alheias, somente acentuando os defeitos. Não é necessariamente associada à um objeto: sua característica mais típica é a comparação desfavorável do status de uma pessoa em relação à outra.
Na disputa infindavel para ver quem tem a melhor pedra, a lança mais poderosa, a espada mais afiada, o revolver mais preciso, o foguete mais veloz, a mulher mais bela, o pinto maior e até a religião que esta mais correta; passaram-se dois mil e oito anos e só o que fizemos foi trepar, fazer brinquedos gigantes e ignorar nossas obceções.

Um comentário:

nefisto disse...

ahah manjado mas infelizmente comico